Por: Chris Gnata

Eu amo essa foto aí de cima, tirei pensando nela exatamente nesse lugar, mas demorei a colocar aí pois não estava muito confortável com as marcas das minhas costas... Mas hoje eu pensei, essa sou eu, e sim, eu tenho marcas, e não só nas costas, tenho muitas, até na alma... como todo mundo.

A foto linda é do Luíz Rodrigues, e foi tirada num projeto que eu amo-de-paixão e o vocês deveriam conhecer, bem aqui!

Sejam felizes. Diariamente :)

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Sobre recordações especiais



Andei viajando pelo meu infinito, repassando os posts, revendo cada palavra, cada sentimento.
E era tanto sentimento. Eu tinha quase me esquecido dessa que eu era quando escrevia aqui.
E era tanta saudade de mim.

Lá em 2007 quando eu comecei a escrever, não me imaginava revendo todas essas coisas 10 anos depois. E era tanta coisa. Dias bons. Dias não tão bons assim. Tudo veio parar aqui. No meu infinito tão particular.

E teve um tempo que eu andei bem longe. E comecei a escrever diferente. Em outros lugares.
Mas às vezes a gente precisa ficar longe, pra ficar mais perto.

E sente um amor infinito.
E uma vontade de voltar.
A escrever de um modo muito particular.
O que a gente adora.
Infinitamente.

domingo, 9 de agosto de 2015

Parque Lage - RJ

Definitivamente a melhor coisa de morar no Rio é poder fazer passeios em lugares como esse.

Um dos meus preferidos, o Parque Lage, é tudibom pra uma criatura diurna como eu, que gosta de luz solar, ar puro, céu azul, natureza...


Incrível e inspirador...


E ainda de quebra a gente olha pro céu e Ele está logo ali :)


Tem mais fotos do Parque Lage no meu Flick, bem aqui!

Boa semana :)

sábado, 8 de agosto de 2015

Era tanta saudade

Mais de um ano separada do meu infinito tão particular.
Tanta coisa aconteceu.
Eu vim parar tão, tão distante...
Distante de casa e de tudo que mais amo na vida.

Bom? Sim.
Ruim? Também.

A verdade que eu andei pouco inspirada.
Pouco animada.
Pouco feliz.

É tanto pouco que eu fico um pouco sem graça.

Mas a vida é assim.

A gente sonha, planeja e desiste.
Depois jura que não vai mais sonhar mais nada.
E desiste de desistir.

E faz tudo de novo.

E tantas outras vezes quanto for possível e preciso.

Eu sou assim.
E vocês?

terça-feira, 13 de maio de 2014

#Adoro13deMaio


É 13 de maio... de novo!
E é tudo novo...
E o novo é bom.

Dá medo.
Lágrimas.
Saudade.

E esperança.
Frio na barriga.
Força.

Porque tudo que renova vale.
E faz cada 13 de maio ser cada vez melhor!

De novo.
Sempre.



terça-feira, 3 de setembro de 2013

Gostar

Eu gosto de poesia sem rima.
De gente colorida.
De roupa cheirosa.
Gosto de brilho nos olhos.
E de sorriso no rosto.
Gosto também de frio na barriga.
Comida gostosa.
E abraço apertado.
Adoro patinhas e focinhos.
De gato e cachorro.
Gosto de conversa fiada.
E música. Cantada ou tocada.
É, as vezes eu gosto de rima.
E de coisa que combina.
Ou não.
Eu gosto mesmo é de tudo que toca.
Os sentidos, a mente ou o coração.

domingo, 7 de julho de 2013

Jesus me abraçou hoje

Na saída da missa.
Uma ministra da eucaristia veio.
Me deu um abraço e disse:
"Jesus me mandou te dar um abraço"
"Ele manda eu obedeço"

Fiquei sem reação na hora.
Com lágrimas nos olhos.
E querendo muito saber o que ele quis me dizer...

#UmLindoDia

quarta-feira, 12 de junho de 2013

O meu jeito de escrever





Eu nasci para escrever.
De todas as outras coisas que eu também sei fazer, brincar com as palavras é o que mais me alegra.
Sou dessas.
Que escrevem bilhetes, cartões, mensagens, poesias.

Gosto do significado das palavras.
Juntas e separadas.
Da forma.
Do som que elas tem.

Gosto de ver.
Ouvir.
E sentir.

Por gostar tanto eu presto atenção nas letras das músicas.
Gosto de mudar uma ou outra.
Só pra ver como me traduz melhor.
Eu faço muito isso.

E gosto especialmente daquelas palavras que não são ditas.
Aquelas que a gente lê no fundo dos olhos.
Nos gestos.
Nos sorrisos.

Também nasci para olhar nos olhos.
E gostar dos sorrisos.

Sou.
Assim.

sábado, 8 de junho de 2013

Dormir embalada por boa música não tem preço

Hoje eu vou ter bons sonhos.

Vou sonhar que sou divina e graciosa.
Estátua majestosa.

Que vou amar por toda a minha vida.
Desesperadamente.

E não vou sofrer.
Nem chorar.

E vou viver.
E sonhar.
A espera de viver ao lado teu.

Pela vida.
Ou parte dela.

Eu sei que hoje eu vou sonhar.




((Sim. Eu assisti ao vivo do Municipal. Maravilhas da internet))

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Que o dia termine bem

Dia do mau-humor.
Da amolação.
Da falta de paciência.

Mas o que importa mesmo,
É que agora eu tô de pijama.
Debaixo do edredon.
Esperando o dia acabar bem.

E esses 45 minutos finais me valem as outras 23 horas :)

Boa Noite!

(( câmbio. desligo ))

terça-feira, 4 de junho de 2013

Se o mundo inteiro me pudesse ouvir



Tantos personagens rondando por aqui essa semana.
 
 
O bailarino esfaqueado na Bahia.
Que não vai mais poder mostrar sua arte pro mundo.
 
 
A turista americana que sofreu estupro coletivo na Índia.
Mais um. Infelizmente.
 
 
O pedófilo que tentou ser prefeito e que agora tá preso em cela especial.
Como se isso fosse livrar sua pessoa doentia dessa sujeira toda.
 
 
A coitada que não tem dinheiro nem pra comer direito, que achou que não tinha problema guardar uma arma em casa.
E que agora tá presa. Em cela comum. Sabe Deus até quando.
Mesmo sendo mais boba que bandida.
 
 
E o João.
Guardador de carros que eu conheci ontem.
Todo orgulhoso de ter ajudado a prender uns ladrões.
Adicto.
Como ele mesmo se apresentou.
A vida tão sem possibilidades.
 
 
São doídas essas coisas todas.
Essas pessoas todas.
E outras tantas.
 
Como faz pra mudar?
E viver o sonho todo azul...
Azul da cor do mar?
 
Como?

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Eu não gosto de chorar

Não tinha medo o tal João de Santo Cristo.
Mas eu tenho.

Sim. Eu sou covarde.
E não gosto dessa coisa de chorar.

Por isso que as vezes eu prefiro não ver.
Não falar.
Não fazer.

Mas esse filme fica aqui.
Pulando na minha frente.
Dizendo.
Vem!



Eu também queria sair para ver o mar...
 
Mas de escolha própria... NÃO escolho a solidão!
 

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Te desenho com palavras

"If I were a painter
I would paint my reverie
If that's the only way for you to be with me"

(Painter Song - Norah Jones)

"Se eu fosse um pintor
Eu pintaria o meu sonho
Se esse é o único jeito para você estar comigo"


Mas eu não uso tintas.
Nem pincéis.

Te desenho com palavras.


                                               
                                                       Elegância
                      Doçura
                                                                                                       Ritmo
                                                                        Encanto
                     Alegria
                                               Gentileza
                                                                                                                           Mistério
                                                                     Paixão
 
 
E todas essas outras que ficam aqui.
 
Dançando ao meu redor.


quinta-feira, 16 de maio de 2013

Será que tem como mudar uma marca?

Li esses dias na Revista Exame que as declarações do CEO da marca Abercrombie & Fitch estão causando polêmica na web.
 
Primeiro retiraram os tamanhos G e GG e depois ele declarou:
 
"Em toda escola há adolescentes que são legais e populares, e há aqueles que não são tão legais. Nós estamos atrás dos legais".
 
Um americano começou uma campanha no Youtube para "reposicionar" a marca.
 
Esse é o vídeo do Greg Karber.
 
 


E um brasileiro também aderiu à campanha e saiu em outra matéria da revista Exame.

Criou também um página no Facebook que está aqui.

Eu não tenho nenhuma roupa dessa marca, mas acho justo que ela seja "reposicionada" no mercado, de forma que fique bem claro que antes de ser descolado e legal, é preciso ser mais humano.

#FitchTheHomeless

Eu apoio essa ideia :)

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Valendo a pena

Eu gosto muito mesmo da revista Vida Simples.
Li esses dias na coluna do Gustavo Gitti esse trecho e não posso deixar de compartilhar...

"Para minha vida valer a pena, que nasça de relações que valem a pena, daquelas que transformam as pessoas para muito além da esfera do relacionamento, com qualidades que sobrevivem até mesmo à morte dos envolvidos, transbordam, se espalham para quem quiser pegar."

E que a minha vida possa sempre valer a pena.

A minha.
A sua.
A de todos nós.

Boa noite :)

terça-feira, 14 de maio de 2013

Seguindo em frente

Porque hoje eu tô me sentindo meio envenenada.
Pelo mau-humor.
Pelo stress.

E porque eu estava me sentindo assim.
Que eu fiquei em casa quietinha.
Curti a companhia da minha mãe.
Abracei meus gatos.
Comi o restinho do bolo de aniversário.
Morri de dar risada assistindo Tapas e Beijos.

Tem dias que eu preciso dessa doce e tranquila rotina.
Pra me sentir bem de novo.
E seguir em frente.

Seguir.
Em frente.
Um dia depois do outro.

Sempre.

Sobre o meu dia

Sempre gostei dessa coisa de aniversário :)

Não de ficar mais "experiente" como dizem, mas de ser lembrada por aquelas pessoas mais especiais.

Acontece que nem todo mundo lembra.

Mas aqueles que sim, tenho certeza que estão comigo os 365 dias do ano, pro que der e vier.

Pensar nisso me deixa feliz do tamanho do céu. E faz toda diferença :)


Até 2014, dia 13 de maio!

domingo, 12 de maio de 2013

Domingo de sol

Eu era dessas que ia pra academia dia sim, outro também.
Ai um dia eu cansei e resolvi desapegar.
Eu faço muito isso sabe?

Hoje eu resolvi caminhar no lago.
A paisagem, o entardecer, o vento, o sol... Não tem comparação!


Acho que essa coisa de correr na esteira não me pega mais não :)

Sou mais feliz assim...


Boa semana!

sábado, 11 de maio de 2013

Em processo

Escreve. Apaga.
Escreve de novo. Apaga outra vez.

Meia hora depois.
Repete tudo de novo.

Acho que tô meio sem palavras hoje.
Mas cheia de pensamentos.

Sabe como é...
Eu demoro pra me traduzir!

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Reconciliando


Sim, blog querido.
Eu sou uma desnaturada.
Insensível.
Praticamente um fantasma agora.

Mas por favor, não desista de mim.
Eu te amo imensamente.
E prometo compensar a ausência.

Ando feliz sabe?
Tenho feito coisas que me alegram.
Conhecido lugares e pessoas incríveis.

Com calma eu conto tudo aos poucos pra vc.

Vamos fazer assim.
Você me perdoa.
Eu me dedico mais.

E continuamos nosso lindo caso de amor.

Felizes para sempre.
Que é mesmo o que importa.

Sempre sua.
Chris Gnata

domingo, 23 de dezembro de 2012

Domingo é dia de...



Domingo é dia de passear no Mercado Shangri-lá.
De tomar sorvete.
De comprar coisinhas.
De me encantar com as flores.

Domingo é dia de ser FELIZ :)



terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Aloha

1 hora arrumando o cabelo
Veste roupa
Sapato
Tira foto
Boa quantidade de make
Várias gotas de perfume
Esperar no ar condicionado

5 minutos de dança
Maquiagem derretendo
Cabelo daquele jeito

Não poderia estar mais feliz :)

#certas.coisas.não.têm.preço

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

É o que tem pra hoje

Sábado eu participei de um curso para aprender a fazer calçados... Fora o cheiro da cola de sapateiro que me mata de dor de cabeça, de resto foi bem legal.
Eu nuuuunca pensei que fosse tão fácil, claro quando se tem todos os utensílios a mão...
Na real eu fiz uma par de alpargatas, que era o que todo mundo estava aprendendo a fazer, mas sabe que eu gostei????
Saí de lá imaginando fazer sapatilhas....
Porque sim, eu ADORO sapatilhas!!!!!

#I.Love.Ballerinas

Mas por hora, alpargatas... é o que tem pra hoje :)



quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Aprendendo a programar....... in english #uau

Descobri um site chamado Codecademy que tem um monte de cursos de programação web e tô doida aprendendo aquele monte de tags.

Eu vou te falar pra vc.... tô amando :)

Vou ficar boa nisso... rs
E de quebra melhoro no inglês porque por enquanto não tem curso em português.

#me.achando.a.webdesigner


Ah!!!

Olha o site aí:

Codecademy

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Sobre coragem e medo

"Quando perdemos o medo de sermos imperfeitas e aceitamos que perfeição não existe, surge a coragem. E as coisas finalmente começam a acontecer."

Escrito pela Cássia Pires
No blog (que eu adoro) Dos Passos da Bailarina

quarta-feira, 25 de julho de 2012

A Menina do Vale


"A paixão mantém você focado em sua missão de longo prazo e também torna o trabalho divertido. A paixão lhe dá coragem para sair de sua zona de conforto e desvendar terrenos desconhecidos."


Trecho do livro mara que eu acabei de ler, A Menina do Vale, escrito pela Bel Pesce, uma brasileira de sucesso no Vale do Silício.


Está disponível para download no site abaixo:


http://www.ameninadovale.com


#super.vale.a.pena

terça-feira, 24 de julho de 2012


Quase 1 ano sem postar... Desnaturada é pouco pra mim. Eu admito. E não foi por falta de cobrança da amiga Karine, né?

Pra voltar e não perder quase nada, eu resolvi fazer um resumo do melhor e do pior de mim nesse tempo.

Até que foi um exercício bem legal pra me re-conhecer em 2012.

Porque foi nesse ano que eu parei de trabalhar com a Body Systems, não porque não ame a filosofia deles de todo coração, mas porque ela é perfeita para eles. E eu passo longe ser uma
professora de educação física. Então eu decidi ter as minhas próprias filosofias. 



E foi nesse ano também eu entrei na Iron, e logo eu que sempre tive certeza que o meu lugar no mundo era a Brasil Wellness, me peguei gostando de estar em outra academia. E foi muito legal, mas acabou. Então esse também foi o ano que eu saí da Iron, e pedi um tempo na relação com o meu personal friend Eidimar Maia. Não porque não ame o trabalho que ele faz, mas porque também tô amando fazer outras coisas. E foi assim que eu, a mais apaixonada de todas pelo fitness, troquei o fitness pelo ballet. 



Eu fiz ballet quando era adolescente e, como toda adolescente, lógico que eu quis parar. Porque eu sou dessas, que de vez e quando precisam desapegar das coisas e das pessoas. Algumas vezes eu me arrependo. Aí esse ano eu voltei. Comecei na Gesto’s Ballet e conheci lá uma galera que eu to adorando conviver. Mas as aulas. Essas sim são um capítulo a parte. 

Digo isso porque do alto dos meus 37 anos, meus joelhos não são mais os mesmos, meus pés não são mais os mesmos, e mesmo eu jurando pra eles que já pus uma sapatilha de ponta, eles teimam em não acreditar. E a flexibilidade então? Essa tem melhorado a cada dia, mas passa bem longe das minhas colegas de sala de 12 anos. É triste, mas é real. Minha idade e meu corpo já não são mais os mesmos. E eu preciso emagrecer. E essa é a primeira coisa que lembro todo dia quando coloco o colant.

Esse ano eu também passei um verão delicioso. Essa que já é a minha estação do ano favorita foi melhor ainda porque passei quase todos os dias afundada na piscina-presente-de-natal- da-minha-mãe. Ela era de plástico, dessas de inflar, e fez uma diferença incrível nas tardes  e calor.

Foi em 2012 também que eu larguei meu cabeleireiro e a loirice que me acompanhava já há alguns anos. Faz um tempo eu venho sentindo uma vontade de ser mais natural, mais eu, e algumas coisas que me importavam tanto já não parecem tão importantes assim. E lá se  foram o piercing do umbigo e o cabelo loiro.



A coisa mais linda que aconteceu esse ano que fiquei longe foi ganhar a Baby no meu aniversário. Uma Lhasa Apso tão linda e bagunceira que encheu a minha vida de alegria. E de tristeza quando ela se foi. 


Ela morreu 1 mês depois que eu ganhei. E eu nunca mais soube o que é ser feliz  completamente. Lembro dela todos os dias. Saudade eterna da minha bebê.


O texto gigante termina quando eu comprei um celular novo, e posso postar super facilmente dele. Pelo menos textos mais curtos que esse. Então me bateu aquela saudade do meu infinito. 


Que continua meu, continua infinito e muito particular. #amo

segunda-feira, 23 de julho de 2012

E hoje é dia de ballet


domingo, 22 de julho de 2012

Voltando a blogar

Do celular agora fica mais fácil.
Dia lindo hoje.
Me aventurando na estética.
Cortando e pintando o próprio cabelo.
#altas.emoções

Estou de volta :)

segunda-feira, 10 de outubro de 2011


E eu tô correndo tanto, mas tanto, que não paro pra nada.
Nem pra mim.

Tantas mudanças.
Logo eu que achava que não gostava disso.

Mas eu gosto. Gosto sim.
Mudar é bom.
E necessário.

Tô feliz.
Tô aprendendo.

E a cabeça fervilhando de ideias.
Sim.

Eu tô FELIZ.
No sentido mais puro da palavra.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

PRESTENÇÃO.

Eu tô de saco cheio dessa coisa de reeducação alimentar.
Eu não suporto mais engolir pão integral, fruta e folha.
E acho um tédio isso de almoçar e jantar todo dia.
Principalmente jantar TODO-SANTO-DIA.

Não dá.
Eu gosto é de chocolate, pão de queijo e jantar porcaria.
Eu não quero ter hora pra comer.
E as vezes eu não quero nem comer.

Eu quero pesar o quanto eu tiver que pesar.
E não gosto de ninguém me dizendo como tem que ser.

E é assim que é.
E é assim que eu quero.
E pronto.

E sim, meu humor se foi.
Com as últimas castanhas do pará.

Vou ali comer umas batatas fritas.
#prontofalei

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Só um pouquinho desastrada

Eu acabo de quase cair da cadeira.
É eu faço essas coisas.

E ontem eu consegui bater a minha cabeça na parede do banheiro.
Eu juro que foi sem querer.

Também já dei de cara em poste na rua.
E minha mãe sempre conta que quando era pequena podia ter uma calçada enorme, se tivesse um buraquinho, eu conseguia enfiar a perna lá dentro.

E eu me aprimorei com o tempo.
De vez em quando eu tropeço no chão.
E já perdi as contas de quantas vezes fiquei presa na maçaneta da porta lá em casa.

Eu sou assim.
Só rindo mesmo.