Por: Chris Gnata

Eu amo essa foto aí de cima, tirei pensando nela exatamente nesse lugar, mas demorei a colocar aí pois não estava muito confortável com as marcas das minhas costas... Mas hoje eu pensei, essa sou eu, e sim, eu tenho marcas, e não só nas costas, tenho muitas, até na alma... como todo mundo.

A foto linda é do Luíz Rodrigues, e foi tirada num projeto que eu amo-de-paixão e o vocês deveriam conhecer, bem aqui!

Sejam felizes. Diariamente :)

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Será que tem como mudar uma marca?

Li esses dias na Revista Exame que as declarações do CEO da marca Abercrombie & Fitch estão causando polêmica na web.
 
Primeiro retiraram os tamanhos G e GG e depois ele declarou:
 
"Em toda escola há adolescentes que são legais e populares, e há aqueles que não são tão legais. Nós estamos atrás dos legais".
 
Um americano começou uma campanha no Youtube para "reposicionar" a marca.
 
Esse é o vídeo do Greg Karber.
 
 


E um brasileiro também aderiu à campanha e saiu em outra matéria da revista Exame.

Criou também um página no Facebook que está aqui.

Eu não tenho nenhuma roupa dessa marca, mas acho justo que ela seja "reposicionada" no mercado, de forma que fique bem claro que antes de ser descolado e legal, é preciso ser mais humano.

#FitchTheHomeless

Eu apoio essa ideia :)

Nenhum comentário: